Departamento de Avaliação e Assistência ao Servidor - DAAS

Departamento de Assistência ao Servidor (DAAS) é a subunidade responsável pela coordenação e execução das atividades relacionadas com o acompanhamento à saúde do servidor e com a administração do Plano de Cargos, Remuneração e de Benefícios e Vantagens devendo funcionar apoiado nos seguintes órgãos:

I. Divisão de Assistência ao Servidor

II. Divisão de Administração de Cargos e Remuneração

III. Divisão de Benefícios e Seguridade

 

Atribuições

Ao Diretor do Departamento de Assistência ao Servidor compete:

I. Prestar assistência técnica aos órgãos da UFS;

II. administrar o órgão que dirige, procurando integrar suas atividades com as demais unidades administrativas da Universidade;

III. elaborar os planos e programas do Departamento, submetendo-os ao Pró-Reitor de Gestão de Pessoas;

IV. distribuir tarefas e responsabilidades a seus subordinados;

V. propor ao Pró-Reitor a designação de servidor portador de diploma de nível superior, lotado na Pró-Reitoria de Gestão de Gestão de Pessoas para ser o seu substituto eventual;

VI. elaborar relatório das atividades desenvolvidas pelo Departamento, e,

VII. exercer outras atividades que se incluam no âmbito de sua competência.

 

Equipe
Inacio Loiola Pereira de Sousa
Diretor DAAS
 
Denise Fonseca Nascimento
Terceirizado
 
Dayse Lima Rodrigues
Terceirizado
 
Informações Gerais 

Telefone
(79) 3194-6594 

E-mail
daas@academico.ufs.br

Horário de Atendimento
Segunda a sexta, das 08h às 12h e das 14h às 18h

Localização
Cidade Universitária "Prof. José Aloísio de Campos" | Av. Marechal Rondon, s/n - Jardim Rosa Elze - CEP. 49100-000 - São Cristóvão/SE | Prédio da Reitoria

 

 

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A PROGEP dirige-se aos docentes de Magistério Superior e do Magistério do Ensino Básico Técnico e Tecnológico para prestar os seguintes esclarecimentos:

a) Desde outubro/2020, com a decisão judicial exarada no processo coletivo da ADUFS, Parecer de Força Executória nº 59/2020/DMF/PF/SE/PGF/AGU, quando abandonamos a orientação contida na Nota Técnica nº 2556/2018 e as progressões docentes voltaram a ter como base a última progressão respeitando o interstício base;
 
b) A medida judicial não foi extensiva aos processos aprovados e decididos em data anterior à data do Parecer;

c) A judicialização individual e/ou coletiva é o recurso que todos os servidores possuem quando se sentem prejudicados em seus direitos, e obriga a instituição ao cumprimento da determinação judicial com o respaldo e explicações necessárias aos órgãos de controle;

d) A Lista docente com a previsão de progressão mensal, publicada na página da PROGEP, ainda possui inconsistências com relação às datas de vigência do interstício que tiveram como base a Nota Técnica referenciada;

e) As inconsistências serão resolvidas progressivamente a medida que as novas progressões forem sendo aprovadas e cadastradas;

f) A lista representa com fidelidade orientação para aqueles docentes cujos nomes foram contemplados;

g) Os casos omissos ou divergentes das datas ali apresentadas serão dirimidos pelo DAAS através do e-mail: daas@acadêmico.ufs.br;

h) Orientamos a todos os docentes da UFS a fazerem seus pedidos de progressões, sobretudo aqueles que estão com seus interstícios atrasados, tendo como base a data dos vencimentos de seus interstícios independente da Nota Técnica;

i) A UFS tem a obrigação e responsabilidade de cumprir com todas as orientações provenientes do Ministério da Economia como órgão Central, responsável pelas normas e orientações concernentes a todo o SIPEC, sob pena de responder administrativamente pela sua omissão.